“Arte e manhas”: arte dos muros aos papéis

A “Arte e manhas” dessa semana traz de aquarela a tinta spray, de camisas e bloquinhos a muros e intervenção no espaço urbano: falaremos hoje sobre o lindo trabalho de Evelyn Queiróz, Negahamburguer.

Image

Negahamburguer diz que o desenho sempre foi sua maior paixão, mas sempre acreditou que não fazia sentido colocar um desenho na parede ou no papel, se ele não passasse uma mensagem, e foi mostrando a realidade de uma forma doce e bonita, mas sem perder seu tom crítico, que a artista fez sua arte: seus principais temas são feminismo, sexo, cotidiano e aceitação do corpo.

Através de seus homens e mulheres, cis ou trans*, podemos perceber as várias formas, cores e perspectivas presentes dentro da sociedade, e é aí que Negahamburguer deixa de ser só um desenho na parede e passa a ser uma espécie de pensamento coletivo, que representa tantas pessoas.

Image

A artista paulistana pretende transpor sua arte das ruas para o papel não somente em forma de ilustração, mas agora também na forma de um livro. Através do Catarse o Projeto Beleza Real já conseguiu a arrecadação mínima para que o livro seja produzido e lançado, mas ele ainda não acabou: o projeto continua para tentar expandir esse trabalho, levando Negahamburguer a outros horizontes.

Anúncios

“Arte e manhas”: uma incrível miscelânea

O “Arte e manhas” dessa semana, orgulhosamente, apresenta: Lora Zombie.

Image

Lora é um pintora russa autodidata, que uniu sua influência grunge, e também um certo traço do punk, à arte de rua e cultura pop, criando obras incríveis, que mesclam a abstração e leveza da aquarela, com a geometria do traço, e essa é uma mistura espetacular. O trabalho da artista está começando a alcançar outros países, e por onde Lora passa, deixa muitos apaixonados pela sua mistura única! Ela já tem, inclusive, um livro lançado: “Grunge Art by Laura Zombie”.

Image

Image

Image

Dentre suas obras encontramos de autorretratos a obras extremamente críticas, sendo todas com uma qualidade incrível!Sinceramente não vejo forma melhor de apresentar a artista não sendo mostrar seu trabalho e seu processo de criação, que podemos acompanhar nesse vídeo, e em outros disponíveis em seu canal: