Gregório Duvivier, um artista plural!

Para começo de conversa, que fique registrado nos anais da internet: Gregório Duvivier é um amor de pessoa pública!

O Sesc, entidade privada mantida por empresários do comércio de bens e serviços, promove anualmente o Prêmio Sesc de Literatura, que visa promover a literatura nacional e revelar novos autores, mas essa não é a única atividade literária que a entidade promove. Além disso há o “Sesc Literatura – Grandes escritores”, que promove palestras e oficinas com grandes autores brasileiros. Em minha cidade, Juiz de Fora, já recebemos autores como Zuenir Ventura, Adélia Prado, entre outros, e na última edição, ocorrida ontem, o convidado de honra da noite foi Gregório Duvivier.

Imagem

Ao longo do bate papo com o mediador da mesa o autor falou sobre como nasceu seu envolvimento com a arte, desde seus 9 anos, quando começou a fazer teatro, e se apaixonou; até o momento atual da sua carreira, na qual se mostra um artista diverso: sendo colunista da Folha de S. Paulo, roteirista, poeta, comediante, e é claro, ator. Ao longo de todas as suas considerações, pudemos ver como ele administra todo esse trabalho, e de que forma vê a literatura, principalmente nacional, na contemporaneidade: além de comentar grandes escritores, como Augusto dos Anjos e Manuel Bandeira, citou novos grandes autores que devem permear nossas leituras, como Daniel Galera e Antônio Prata.

Gregório Duvivier falou sobre algo que aqui se faz extremamente importante destacar: a liberdade da poesia e da internet. Quando trabalhava na televisão, o escritor se sentia, de certa forma, preso a uma burocracia que parece inerente a TV, e na internet sua produção encontrou uma liberdade totalmente diferente, que é também o que o autor diz sentir quando compara sua produção poética a sua coluna no jornal, no qual tem sim uma liberdade de escrita que o próprio caracteriza como “surreal”, mas ainda assim não se compara a liberdade linguística e sentimental da poesia. E aí outro ponto importante, no que diz respeito principalImagemmente a internet, é o trato dado ao trabalho que ele realiza no “Porta dos fundos”. Um espectador presente na platéia questionou o autor quanto a questão do politicamente incorreto, que hoje gera discussões intermináveis nas redes sociais: Gregório se posicionou, então, dizendo como o humor é capaz de ser transformador, quando bate de frente com questões sociais, estando do lado das minorias, ao invés de simplesmente reproduzir chavões preconceituosos que deveriam já estar no passado.

Após o bate-papo com o mediador e os presentes no evento, foi aberta uma sessão de autógrafos na qual o autor se mostrou esse amor de pessoa pública que inicia o post: tirou fotos com todos, conversou com todos, fez dedicatórias, e ainda pôde nos dizer algumas palavras sobre o evento: afirmou achar esse tipo de iniciativa muito importante para a formação cultural de uma cidade, já que forma leitores, e quanto mais leitores temos, temos mais e melhores escritores, melhores eleitores, etc.

Para finalizar, fica a indicação de um dos poemas presentes em “Ligue os pontos”, que em breve será comentado mais em detalhes por aqui!

Anúncios

2 comentários sobre “Gregório Duvivier, um artista plural!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s